Como instalar Python 3.x em seu computador

Vamos utilizar o pacote Anaconda que reúne várias ferramentas úteis para desenvolver programas científicos. Como historicamente a maioria de nossas alunas e alunos costumam utilizar um computador com o sistema operacional Windows, as instruções a seguir são voltadas para essa plataforma. Caso você use um outro sistema operacional, como Linux ou Mac OS, você pode seguir as instruções específicas para o seu sistema na página de instalação do Anaconda.

Faça o download

Baixe (gratuitamente) o software da página da Anaconda. Para isso, dirija o seu navegador favorito para a página de download da Anaconda (<https://www.anaconda.com/distribution>_). Clique no botão para fazer o download da versão 3.x do Python (que na figura corresponde a versão 3.7). Sugerimos que você salve o arquivo para evitar fazer o download novamente caso algo de errado aconteça durante a instalação.

Página de download do Anaconda
Página de download do Anaconda

Instale

Depois que terminar o download (que pode demorar um pouco dependendo da velocidade da sua conexão e por ser um arquivo meio grande), abra o arquivo que você baixou (clique nele) para executar o instalador. Isso deve abrir uma janela como

Janela 1 de instalação do Anaconda
Janela 1 de instalação do Anaconda

e depois basta “concordar” com todas as sugestões, como na sequência de figuras abaixo.

Janela 2 de instalação do Anaconda
Janela 2 de instalação do Anaconda
Janela 3 de instalação do Anaconda
Janela 3 de instalação do Anaconda
Janela 4 de instalação do Anaconda
Janela 4 de instalação do Anaconda
Janela 5 de instalação do Anaconda
Janela 5 de instalação do Anaconda

Aguarde o final da instalação, que pode demorar vários minutos.

Janela 6 de instalação do Anaconda
Janela 6 de instalação do Anaconda

e pronto! O navegador pode sugerir para instalar outras coisas, mas você não precisa instalar mais nada e pode continuar clicando em “Next” até fechar o instalador do Anaconda.

Teste a sua instalação usando o Anaconda Prompt

Para achar o Anaconda Prompt no seu computador, clique na barra de pesquisa do Windows e digite “Anaconda Prompt”. Dentre as primeiras opções deve estar o “Anaconda Prompt (Anaconda 3)” que você acabou de instalar, como ilustrado abaixo:

Barra de pesquisa do Windows
Barra de pesquisa do Windows

Clique nessa opção (“Anaconda Prompt”) para abrir uma janela como essa mostrada na figura abaixo, que vamos chamar de “terminal” (para ficar mais compatível com outras instalações).

Terminal para chamar o Anaconda prompt
Terminal para chamar o Anaconda prompt

No terminal, digite “python” para abrir o Python Shell:

Terminal com Python shell rodando
Terminal com Python shell rodando

O Python Shell faz parte do ambiente Python que permite você digitar comandos de forma interativa, ou seja, para cada comando que você envia o Python te dá uma resposta. O Python Shell é muito útil para testar um comando quando você não tiver certeza de como funciona e também serve como uma calculadora. Por exemplo, digite a expressão: “2 + 2” seguida por “ENTER” (ou qualquer operação que desejar) e veja o resultado.

Toda vez que você aperta ENTER você está enviando ao Python Shell um comando, que ele vai tentar interpretar. Se você enviar um comado incorreto ou incompleto, como 2 * ENTER, o Shell vai apontar um SyntaxError (Erro de Sintaxe) que significa que o Python não conseguiu entender o comando.

Terminal com Python shell executando comandos
Terminal com Python shell executando comandos

Teste a sua instalação usando o Spyder

O Spyder é um ambiente integrado de desenvolvimento (IDE do inglês Integrated Development Environment) que faz parte do Anaconda. Ele é chamado de ambiente integrado pois reúne várias ferramentas em um só lugar, dentro de uma mesma interface gráfica. Dentre as principais ferramentas que vamos utilizar estão o editor de texto, o Python Shell, e o depurador de programas (ou debugger em inglês).

Para abrir o Spyder, digite “spyder” na área de busca do Windows (como você fez anteriormente para abrir o Anaconda Prompt). A figura a seguir ilustra a janela com a interface do Spyder.

Janela do Spyder
Janela do Spyder

A janela no canto inferior direito funciona como um Python shell. Você pode clicar nessa janela e digitar uma expressão aritmética qualquer, como “2 + 3 * 4 ENTER” e ver o que acontece.

O Python shell fica esperando um comando do usuário. Assim que o usuário aperta “ENTER”, o Python shell lê o texto que foi digitado pelo usuário na linha de comando e tenta executá-lo. Caso seja um comando válido, o Python shell mostra o resultado na saída. Caso seja um comando inválido, o Python shell mostra uma mensagem de erro que descreve o problema com o comando recebido.

Para escrever programas, mesmo que simples, devemos usar o editor de texto para escrever todos os comandos, salvar o programa em um arquivo e depois executar o programa. Copie o seguinte programa para o editor do Spyder no seu computador.


    # IMPORTANTE: todas as linhas abaixo devem começar na 1a coluna
    nome = input("Digite o seu nome: ")
    print("olá", nome, "!")
    print("Parabéns! Seu 1o programa em Python está funcionando!")

O texto do seu programa precisa estar exatamente igual a esse exemplo. Em Python, a tabulação de cada linha é muito importante e força uma estrutura visual que ajuda a identificar os blocos de um programa. Como esse exemplo é um programa com apenas 1 bloco, verifique se todas as linhas do seu programa estão alinhadas na 1a coluna no editor do Spyder. Caso não estejam, remova todos os espaços iniciais para que cada linha comece exatamente na 1a coluna do editor.

Salve esse programa clicando na opção de menu no canto superior da janela


    Arquivo -> Salvar como

em alguma pasta no disco do seu computador. Use um nome qualquer com “teste.py”. Evite usar espaços e caracteres acentuados no nome e lembre-se de sempre incluir a extensão “.py” para indicar que se trata de um programa em Python. Depois de salvo, clique na opção de menu

    
    Executar -> Executar 

(ou simplesmente aperte a tecla “F5”) para executar esse programa ou no triângulo verde na barra de ferramentas localizada abaixo da linha de menu no topo da janela.

Ao ser executado, o programa é executado instrução por instrução pelo Python, mas sem o shell. Em inglês, shell significa concha ou casca. Na janela do Python shell, essa casca corresponde a uma camada de interface entre o Python e o usuário. O shell permite a interação com o Python (ou a máquina Python que interpreta e executa os comandos passados pelo shell) por meio da linha de comando, ou seja, a linha que, quando digitamos algum comando e apertamos “ENTER”, o shell passa o comando para o Python. O shell também recebe a resposta e a exibe na tela. Ou seja, o Python, como linguagem, não tem uma interface fixa. Sem o shell, os programas precisam especificar como a informação entra e sai do programa. Vários programas funcionam sem o shell com linha de comando. Por exemplo, um programa em Python pode controlar o tráfego em um site na Internet, simplesmente recebendo e enviando dados de uma placa de rede.

Esse exemplo usa as funções input() e print() do Python para receber dados e imprimir mensagens. Nesse caso, o Spyder usa a janela do Python shell como casca dos programas escritos no editor. Assim, ao executar o programa no editor observe que a mensagem “Digite o seu nome:” aparece na janela do Python shell. Clique nessa janela para ativá-la e digite o seu nome usando o teclado. Aperte a tecla “ENTER” para que o shell envie sua resposta ao programa sendo executado. Finalmente, após recebida sua mensagem, o programa continua sua execução enviando ao Python shell as mensagens finais a serem impressas no shell.


Licença CC-BY